Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Casal homossexual é preso por torturar bebê de 9 meses, que morreu - Comentário

Salve Maria!

Gostaria de, neste pequeno post, comentar uma notícia veiculada no "O GLOBO BLOGS". Segue a íntegra:

Casal homossexual é preso por torturar bebê de 9 meses, que morreu


Policiais da 21ª DP (Bonsucesso) prenderam, nesta quinta-feira, o casal de mulheres homossexuais acusadas de torturar um bebê de 9 meses, filho de Elaine. A criança foi encaminhada nesta manhã ao Hospital de Geral de Bonsucesso, mas chegou morta ao local. 

Segundo o delegado titular da 21ª DP, Aguinaldo Ribeiro, a criança estava com o braço quebrado há cerca de um mês, mas não havia sido encaminhado para um hospital.



http://oglobo.globo.com/blogs/rio/posts/2011/11/24/casal-homossexual-preso-por-torturar-bebe-de-9-meses-que-morreu-418385.asp

Comentário:

Os militantes homossexuais, sempre repetiram aquela história de que casais homossexuais têm ser amparados pela lei para adotar crianças.
Isto, juntamente com sua máscara de "coitados e vítimas" vai aos poucos caindo. (Ver aqui e aqui).

Alguns, as vezes influenciados por essa ideologia gay, podem questionar: "Mas isto também não ocorre com casais heterossexuais?" Vou responder, sucintamente, abaixo:

Primeiro, pegue o número de casais heterossexuais,que constituem família, e o coloque de um lado. Depois, pegue o número de casais homossexuais que constituem "família" (em termos jurídicos), e o coloque de outro.

Agora pegue o número de casais homossexuais que praticaram uma atrocidade tamanha (como a descrita na notícia acima) e os compare, estatisticamente ao número de casais heterossexuais que criam e educam seus filhos exemplarmente. Tenho a certeza de que a porcentagem será mínima. Talvez menos que 0,1% ou até 1%.
Repita o processo com os casais homossexuais: Compare o número daqueles que cometeram tal atrocidade com os que não o fizeram. A porcentagem será muito maior.

Alguns podem dizer: "Mas é claro que será maior, o número de casais homossexuais é muito inferior ao de casais heterossexuais!" Ok, ok. Repita o processo se utilizando do mesmo número de "casais" homossexuais e de casais heterossexuais. Seja sincero os números serão igualmente desproporcionais. Isto, se utilizando de estatísticas, e não entrando na "raiz do problema."

Rezemos pelo futuro de nosso país!

In Domina
Voc. Allysson Vidal Vasconcelos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...