Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Simbólica demolição de uma Igreja no "Ano da Fé"

Tradução: Blog Cruz Inabalável

(Paris) "A Igreja foi destruída, como mostram as terríveis fotos", disse a Association "Mémoire Vivante du Patrimoine Gestois" (MVPG), que havia feito campanha para a salvação da Igreja. Na França, a demolição de igrejas continua. Após a igreja de Saint Jacques, em Abbeville , a igreja de Saint Pierre aux Liens Gesté foi demolida no Anjou ocidental (departamento de Maine-et-Loire).

A restauração da Igreja de Abbeville era muito cara. Como os edifícios estão em ruínas, o prefeito recentemente, apelou para a "desconstrução" como o "mais barato". Ou, como no caso de Gesté, para fazer uma nova construção no local da igreja velha.

Gesté está localizado a apenas seis quilômetros da Bretanha. No 5 de fevereiro de 1794, o local foi incendiado pelas Colunas Infernais, a "Brigada do Inferno" da Revolução Francesa. 300 Chouans, católicos monarquistas, foram massacrados. "Os mortos deveriam ser nosso dever de lutar por nossa herança", diz a chamada para protestar contra a demolição. A igreja atual foi construída em 1800 e agora está sendo demolida sobre as ruínas da igreja destruída em 1794 e, inicialmente, expandiu-se em fases subsequentes do clássico, em seguida, em estilo neo-gótico.

O custo da demolição ascende a 200.000 euros. A nova igreja em um milhão de euros. Para quê? Pergunte aos críticos e aponte para o desperdício de dinheiro e destruição do patrimônio cultural.

O bispo de Angers rejeita a desaprovação da demolição. O pároco responsável não reside em Gesté, mas na cidade vizinha de Avrillé onde a velha igreja gótica de Saint Gilles foi substituída em 1983 por uma construção elíptica moderna.

Texto: Giuseppe Nardi
Imagem: L'Observatoire de la cristianofobia
Trans: Tancredo vekron99@hotmail.com


 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...