Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Previsões e Denúncias - Plinio Corrêa de Oliveira


Salve Maria!

Iniciamos hoje a publicação de uma série de artigos, publicados nas páginas primeiramente de “O Legionário” (1929-1947), e em seguida nas de “Catolicismo” (1951-1995), da “Folha de S. Paulo” (1968-1990) e outros jornais, que explicitam esta qualidade, das inúmeras que tinha personalidade do Profº Plinio Corrêa de Oliveira, que é seu particular discernimento político providencial. Todos os artigos, se encontram reunidos no livro "Plinio Corrêa de Oliveira: Previsões e Denúncias em defesa da Igreja e da Civilização Cristã" (Artpress, 2001) de Juan Gonzalo Larrain Campbell.

Allysson V. Vasconcelos
cruzinabalavel@hotmail.com

Abaixo a introdução do livro:


Ao leitor, 

Entre as numerosas qualidades da riquíssima e multifacetada personalidade de PLINIO 
CORRÊA DE OLIVEIRA, uma sobressai que é seu discernimento político providencial. Sobre os mais variados assuntos, fez ele incontáveis prognósticos e previsões — os quais constituíam 
freqüentemente brados de alerta ou denúncias oportunas — sempre em defesa da Igreja e da 
civilização cristã. O curso da História foi-se encarregando de confirmar essas predições, 
consignadas em livros ou publicadas nas páginas primeiramente de “O Legionário” (1929-1947), 
e em seguida nas de “Catolicismo” (1951-1995), da “Folha de S. Paulo” (1968-1990) ou 
de outros jornais. 

Muitas dessas previsões pareceram aos contemporâneos tão improváveis — e algumas vezes até esdrúxulas — que seu cumprimento provocou verdadeiro estupor nos que delas tinham tomado conhecimento. E, junto com o espanto, nas almas retas nascia um sentimento de legítima e calorosa admiração. 

Não obstante, Plinio Corrêa de Oliveira foi uma das personalidades mais discutidas e 
incompreendidas do século XX. Incompreensão que não raras vezes assumiu, por parte de 
revolucionários dos mais variados matizes, o caráter de ódio mais ou menos velado ou 
declarado. Este se expressava ora por uma orquestrada campanha de silêncio em relação a sua 
pessoa e a sua obra, ora por ataques virulentos, nos quais certa mídia procurava — veiculando 
inverdades, difamações e até calúnias — apresentá-lo como uma pessoa cuja projeção nacional 
e internacional não seria fruto de sólidos fundamentos racionais. Assim, ao ódio seguiam-se 
muitas vezes a perseguição e o insulto. 

Nada mais oportuno, portanto, do que mostrar como poucos de nossos contemporâneos 
possuíram como ele a amplidão de recursos naturais e sobrenaturais — a ele prodigalizados 
pela Providência Divina — que o tornassem digno da mais justificada admiração e adesão. 

Nesse sentido, fomos escrevendo para “Catolicismo” alguns artigos, provando a 
oportunidade de suas denúncias e o acerto de suas previsões, em determinados acontecimentos 
que marcaram a História do século XX. Muito haveria ainda a mostrar sobre esses e outros 
pontos relevantes — temos a respeito um estudo em preparação — mas vários amigos 
insistiram conosco que publicássemos uma coletânea com esses artigos (no total de doze), para 
apresentar desde já ao público um panorama geral de tão interessante matéria. Contribuiríamos 
assim para corrigir a visão distorcida que setores influentes da mídia e agentes colaterais seus 
põem em circulação sobre Plinio Corrêa de Oliveira, e ajudar a ver quão lógica, sapiencial e 
merecida é a adesão entusiasmada que lhe tem sido tributada ao longo de décadas pelos 
membros, correspondentes e simpatizantes da grande família de almas das TFPs e entidades 
afins disseminadas nos cinco Continentes. 

Tendo em vista a presente coletânea, submetemos o conjunto dos artigos a uma revisão 
editorial, atualizando-os nos pontos necessários, agrupando-os por temas, ordenando-os 
segundo uma seqüência mais adequada para a sua leitura contínua e suprimindo as repetições, 
justificáveis apenas numa publicação avulsa dos mesmos, com longos meses de intervalo entre 
um e outro. 

É este o trabalho que despretensiosamente oferecemos ao público brasileiro, como preito 
de homenagem ao grande pensador, líder católico e homem de ação, o qual a História 
reconhecerá — temos a certeza — como um dos grandes luminares no firmamento da Igreja e 
da Cristandade em todos os tempos (*). 

Juan Gonzalo Larrain Campbell 
São Paulo, 13 de dezembro de 2000 

(*) No sentido de localizar adequadamente a figura de Plinio Corrêa de Oliveira e sua 
atuação no cenário contemporâneo, é de grande alcance a excelente biografia que sobre ele 
publicou o culto e brilhante catedrático de História Moderna na Faculdade de Letras da 
Universidade de Cassino (Itália), Roberto de Mattei, cuja leitura recomendamos 
empenhadamente: O Cruzado do Século XX, Plinio Corrêa de Oliveira, Livraria Civilização 
Editora, Porto, Portugal, 1997. A obra é distribuída no Brasil por Artpress Indústria Gráfica e 
Editora, Rua Javaés 681, CEP 01130-010, São Paulo. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...