Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

quarta-feira, 7 de março de 2012

A cada dia, a perseguição se torna mais evidente, e os castigos mais próximos...


Salve Maria!

O que quero dizer com o título acima? Simples. Ao analisar as últimas notícias, referentes à Santa Igreja, se torna evidente, gritante o que se aproxima: A perseguição à Santa Igreja, não mais velada (como parece atualmente) mas pública, e até cruenta. Os castigos anunciados em Fátima, também.


Um resumo dos fatos:

"Retirem o Cristo Redentor!" - Liga de lésbicas pede, e TJ do Rio Grande do Sul retira crucifixos de prédios.

Terra - O Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) decidiu acatar, nesta terça-feira, pedido da Liga Brasileira de Lésbicas e de outras entidades sociais pela retirada dos crucifixos e símbolos religiosos nos espaços públicos dos prédios da Justiça gaúcha.

A decisão, proferida na primeira sessão do ano do conselho, foi unânime. O relator da matéria foi o desembargador Cláudio Baldino Maciel, que afirmou que o julgamento feito em uma sala de tribunal sob um "expressivo símbolo" de uma igreja e de sua doutrina "não parece a melhor forma de se mostrar o Estado-juiz equidistante dos valores em conflito".

Fonte: http://fratresinunum.com/2012/03/07/liga-de-lesbicas-pede-e-tj-do-rio-grande-do-sul-retira-crucifixos-de-predios/

Católicos defendem Catedral de Lima contra provocação homossexual


Agência ACI – centenas de católicos peruanos organizaram-se em frente à Catedral de Lima para rezar o rosário, em resposta ao “Beijo contra Homofobia”, organizado por um pequeno grupo de homossexuais e lésbicas a alguns metros da igreja, no dia 19/02/11.

É a segunda vez que os ativistas homossexuais promovem tal afronta, depois que seu primeiro protesto terminou com a polícia os forçando a se retirarem dos degraus da catedral no último dia 12/02.


Jovens católicos defendem Catedral de Neuquén, na Argentina, de grupo feminista

Não é novidade que o pensamento moderno odeia a Igreja. Porque, feito pelo e para o orgulho humano, ele não admite nada que lhe seja superior, nem Deus, nem regras morais, nem nada.

Na cidade de Neuquén, localizada ao norte da Patagônia, próxima ao Chile, houve de 16 a 18 de agosto 2008 p.p. um "Encuentro Nacional de Mujeres", de tom feminista.

No dia 17, as manifestantes mais radicais, muitas delas lésbicas, fizeram uma marcha pelo centro da cidade, que a certa altura passaria em frente à Catedral. Previamente um grupo grande de pessoas, em sua maioria jovens, se colocou no átrio da Catedral para defendê-la de possíveis atentados como os que já haviam ocorridos em manifestações análogas.



“Cristianofobia, basta!”. Brutalidade policial contra católicos 
pacíficos.
Por Jeanne Smits | Tradução: Fratres in Unum.com

Desde quinta-feira, diferentes grupos de jovens católicos se mobilizam contra a representação da desprezível peça Sobre o conceito do Rosto do Filho de Deus no Teatro da Cidade, em Paris. Sem demora, para a estréia, um grupo de jovens do [movimento] Renouveau français [ndr: salvo melhor juízo, parece-nos que esses jovens manifestantes são fiéis da Fraternidade São Pedro] havia comprado lugares e conseguiram subir ao palco com uma faixa denunciando a “cristianofobia”. Em seguida, o grupo se colocou de joelhos para recitar o rosário, sob o olhar consternado dos responsáveis pelo teatro e as vaias do público bem burguês-boêmio [1], impaciente por assistir às diarréias descontroladas de um idoso sob o olhar do Cristo de Antonello di Messina que receberia o lançamento de granadas de crianças e se sujaria com um líquido amarronzado de conotações fecais evidentes, com a inscrição: “Não és o meu pastor .” Os jovens militantes foram expulsos pela polícia.

Durante este tempo, um grupo de jovens da Ação Francesa despistou a vigilância de três viaturas da CRS [2]para prosseguir pacificamente até as grades do Teatro da Cidade. A polícia os expulsous violentamente, batendo, lançando lacrimogêneos e imobilizando antes de proceder a 17 inquéritos. Um dos jovens que fora algemado e deitado ao chão se encontrava parcialmente sobre a rua. Ao dar marcha à ré, uma das viaturas da polícia passou sobre o pé do jovem rapaz. Gritando de dor, ele foi levado pelos bombeiros para o hospital mais próximo onde se pôde constatar que, por sorte, o ferimento não alcançou os ossos do pé. Foi carregado em sua saída do hospital para também ele ser interrogado. Três jovens foram indiciados por rebelião e um por furto — um policial não achava mais o seu gorro…


O que vi da audiência pública sobre Crimes Contra a Vida

Estive na Audiência Pública que ocorreu em São Paulo para discussão das mudanças no Código Penal com relação aos Crimes Contra a Vida. Minha motivação foram as mudanças propostas sobre a penalização do aborto. Gostaria, aqui, de contar o que vi.

Vi desprezo pela verdadeira democracia, em uma evidente manipulação para que os movimentos pró-aborto dominassem a sessão. Afinal, quais seriam as chances estatísticas de todos, eu disse TODOS, os grupos feministas e abortistas terem se inscrito primeiro do que os outros grupos, como me foi alegado? Chances maiores são de que, ou foram avisados antes de todos sobre a audiência, ou eles mesmos se mexeram para que tal audiência acontecesse.

Vi, portanto, o triste espetáculo da velha ladainha sobre liberdade feminina. Não que as feministas não possam se superar. Houve indignação porque a mulher grávida é chamada de gestante. Uma mulher, com aparência claramente indígena, incluía-se no grupo “pobres e negras” e reclamava do preconceito. Teve mulher estrangeira dando pitaco na legislação. Houve proposta de criminalizar o preconceito contra as mulheres que abortam (trocando em miúdos: coloquem quem for contra o aborto na prisão). Teve até defesa do infanticídio, e tudo isso temperado pela tão famigerada comparação: se não podemos abortar, então não comamos ovo, que estamos a matar o filho da galinha!


"Haverá um castigo jamais visto!" - Carnaval 2012


Este ano, os "maiorais" do carnaval do Rio de Janeiro estão planejando um insulto público a Imagem Sagrada de Nosso Senhor. Uma escola de samba resolveu homenagear o carnavalesco "Joãosinho 30", falecido ano passado, colocando em seu desfile de imoralidades uma alegoria onde o Cristo Redentor é motivo de chacota - é intitulado "Cristo Mendigo" - e o insulto é óbvio: Imagens santas não devem estar e nem ser expostas em eventos imorais. Um detalhe: Na época do desfile, em 1989 tentaram usar esta alegoria, mas graças a reação pública ela foi proibida de ser usada. Ocorrerá o mesmo este ano, ou o Cristo será insultado com a aceitação geral - pois como diz o ditado "Quem cala consente!"?


Cristofobia: Militantes homossexuais tumultuam Cruzada pela Família


Fazíamos a campanha normalmente. Em minha opinião a melhor campanha da caravana.
As pessoas muito abertas à campanha, contrárias a prática homossexual e ao aborto, etc.

Assim que colocamos a imagem de Nossa Senhora e durante os 10 minutos que se sucederam, houve um aumento repentino no número de pessoas que se aproximaram e aos poucos formaram um aglomerado de fiéis rezando, tirando fotos, etc. De modo semelhante e também repentinamente todo aquele aglomerado se desfez, e ficou um número ínfimo de pessoas ali.

E a campanha continuava.

Pouco tempo depois, do outro lado da rua começou a se formar outro aglomerado: O de militantes homossexuais - os quais se não eram homossexuais apoiavam totalmente o movimento homossexual - e a meu ver eram estudantes.   A princípio achei estranho (eu fazia campanha na esquina ao lado da que eles estavam) pois faziam muitas piadas, tiravam fotos, etc, mas para estudantes, nada fora do comum.

Começaram a se organizar para que enquanto um grupo distraía os caravanistas com afrontas, ela se aproximava da imagem e jogava. Quase o fez. 

Tudo preparado, então avançaram sobre nós.


Entre tantas e tantas outras notícias, este é um resumo dos mais recentes. Não é claro, é gritante o que se aproxima. Portanto nos preparemos, para que um dia, quando prestarmos nossas contas possamos ouvir: "Vinde filho bendito, que soube lutar por mim, e por minha Igreja!"




"Inimicitias ponam inter te et mulierem, et semen tuum et semen illius; ipsa conteret caput tuum, et tu insidiaberis calcaneo ejus" (Gen 3.5) 

"Porei inimizades entre ti e a mulher, entre sua descendência e a tua; ela te esmagará a cabeça e armar-lhe-á ciladas ao calcanhar".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...