Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

quinta-feira, 8 de março de 2012

Urgente: Congresso Brasileiro pretende novamente legalizar aborto e eutanásia

Quem defenderá o nascituro?

Os eventos ocorridos durante a última campanha presidencial, quando os cristãos – católicos e protestantes – levantaram-se contra candidatos que aberta ou veladamente defendiam a cultura de morte, o aborto, a eutanásia etc., serviram para demonstrar que o Brasil é um país cristão e que não será tão simples implantar essa cultura. Porém, serviu também para mudar a estratégia dessa luta.

Como é sabido, existe uma enorme pressão de fundações internacionais (Fundação Rockfeller, Fundação Ford, Fundação MacArthur, entre outras) para que o governo brasileiro aprove a legalização do aborto. É sabido também que isto é um dos pontos constantes da plataforma doPartido dos Trabalhadores (PT). Após o levante cristão das últimas eleições, a Presidente Dilma Rousseff empenhou sua palavra de que não levaria adiante esse nefasto projeto, entretanto, a também eleita Senadora Marta Suplicy não só confirmou que a legalização do aborto é iminente, como disse que o Congresso se encarregaria de fazer acontecer. Ora, não devemos duvidar de tão grande empenho. Existe uma agenda a ser cumprida, compromissos a serem honrados, palavras empenhadas.

Para alcançar o objetivo de legalizar o aborto no Brasil, os congressistas empenhados nesse maldito projeto propuseram a Reforma do Código Penal, quando serão discutidas, dentre outras questões, precisamente a questão da legalização do aborto. Assim, veladamente, sem a participação, nem sequer o conhecimento do povo brasileiro, a agenda da morte está sendo cumprida no país.


Quem defenderá, então, o nascituro?

Nos dias 08 e 09 de março as comissões que tratam da Revisão do Código Penal estarão reunidas em Brasília. Todos eles deverão estar cientes de que o povo brasileiro – católicos e protestantes – estão unidos em defesa do nascituro, em favor da vida. Eles deverão saber que os brasileiros não concordam com a legalização do aborto, não concordam com a cultura de morte que está sendo inoculada no país.

O povo católico, o povo cristão, o povo brasileiro defenderá o nascituro. Nós defenderemos o direito do feto no ventre da mãe. Nós defenderemos a Vida!!

É urgente atender o apelo, enviando sua manifestação pessoal de repúdio à essas mudanças e manifestando seu desejo como cidadão e eleitor para que aborto continue sendo crime.

Fonte: http://padrepauloricardo.org/blog/urgente-congresso-brasileiro-pretende-novamente-legalizar-aborto-e-eutanasia/

Como agir?

O mais acessível é enviar um e-mail aos Sr.s Senadores alertando sobre sua opinião. Abaixo os e-mails dos senadores da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e uma proposta de carta para envio. 

Emails

eunicio.oliveira@senador.gov.br; gab.josepimentel@senado.gov.br; martasuplicy@senadora.gov.br; pedrotaques@senador.gov.br; jorgeviana.acre@senador.gov.br; antoniocarlosvaladares@senador.gov.br; inacioarruda@senador.gov.br; simon@senador.gov.br; romero.juca@senador.gov.br; vital.rego@senador.gov.br; renan.calheiros@senador.gov.br; luizhenrique@senador.gov.br; francisco.dornelles@senador.gov.br; sergiopetecao@senador.gov.br; aecio.neves@senador.gov.br; aloysionunes.ferreira@senador.gov.br; alvarodias@senador.gov.br; demostenes.torres@senador.gov.br; armando.monteiro@senador.gov.br; gim.argello@senador.gov.br; magnomalta@senador.gov.br; randolfe.rodrigues@senador.gov.br

Exemplo de Carta 

Assunto: Os Senadores são representantes do povo e o povo é contra o ABORTO e EUTANÁSIA‏‏

Boa tarde,
Srs. Senadores

É chegado o momento em que vocês terão a oportunidade última de fazer aquilo que sempre prometeram: representar o povo brasileiro.

Peço que se lembrem de que O POVO BRASILEIRO É MACIÇAMENTE A FAVOR DA VIDA E PORTANTO CONTRA O ABORTO E A EUTANÁSIA. Nós, brasileiros, não aceitamos a imposição de fundações estrangeiras para a legalização do aborto e da eutanásia, e não aceitamos que o Código Penal seja alterado para que essas práticas imorais e ilegais sejam regulamentadas.

Peço também que os senadores afastem da Comissão para a Revisão do Código Penal a promotora Luiza Nagib Eluf e o professor Luíz Flávio Gomes, dado que eles não representam o povo brasileiro e agem segundo seus próprios interesses e vontades.

Que tanto ódio é este que uma minoria se levanta a favor da morte de indefesos? Que crise é esta de ética/moral que este mundo moderno pedante está inserido?

Espero, aliás exijo, em vocês uma resposta coerente com os interesses do povo Brasileiro, que será publicada em todos os meios de comunicação e interação social de que disponho, bem como a "não-resposta" se for o caso. Acredito que não, e espero ansiosamente por ela.

Allysson Vidal Vasconcelos

RG XXXXXXXX-X SSP-SP
São Paulo - SP

Blog Stat Crux Dum Volvitur Orbis
www.cruzinabalavel.blogspot.com
Apoia a iniciativa, e se compromete em publicar todas as respostas dos respectivos senadores.

In Domina
Allysson Vidal Vasconcelos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...