Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Hospital das Cruzadas com cerca de mil anos é descoberto em Jerusalém


Segundo comunicado da Autoridade de Antiguidades de Israel (AAI), arqueólogos israelenses descobriram uma galeria de arcos e abóbadas , de até 6 metros de altura, que pertencia a um hospital do período das Cruzadas há cerca de mil anos. (1099 d.C até 1291 d.C - chegada dos cruzados às muralhas de Jerusalém).

O edifício, propriedade do Waqf, a autoridade de bens inalienáveis islâmicos, está situada no coração do bairro cristão da cidadela antiga de Jerusalém, em uma área conhecida como "Muristan".

Sua arquitetura é caracterizada por vários pilares e abóbadas de mais de seis metros, o que sugere que foi uma ampla estadia composta por pilares, quartos e pequenas salas. Os coordenadores da escavação, Renee Forestany e Amit Reem, pesquisaram documentos da época para conhecer a história do centro ambulatorial."Aprendemos sobre o hospital por documentos históricos contemporâneos, a maior parte em latim", contam, e explicam que os textos mencionam a existência de um sofisticado hospital construído por uma ordem militar cristã denominada "Ordem de San Juan do Hospital em Jerusalém".


Seus integrantes prometeram cuidar e atender os peregrinos na Terra Santa, e quando fosse necessário somar-se aos combatentes cruzados como unidade de elite. Assim como nos modernos hospitais, o edifício estava dividido em diferentes asas e departamentos segundo a natureza das doenças e condição dos pacientes, e em situações de emergência podia ter capacidade de tratar 2 mil pessoas.

Os integrantes da ordem atendiam homens e mulheres doentes de diferentes religiões e também acolhiam recém-nascidos abandonados pelos pais. Os órfãos eram atendidos com grande dedicação e, quando adultos, passavam a integrar a ordem militar, diz o comunicado.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...