Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Em defesa da vida.... do animal!

Muitos, mas muitos, muitíssimos, quando questionados acerca das touradas afirmam: "tortura não é cultura" "As touradas são um crime contra a vida do animal", etc. etc. etc. Os mesmos "defensores da vida" (de esquerda, note-se) quando questionados acerca do aborto, afirmam sem titubear: "É um direito da mulher!" " uma questão de saúde pública!" "o feto não é um ser humano!" e por aí vai...

Pergunto: Por que se insiste tanto em, aos poucos, ir dilapidando a cultura sadia, lícita, dos povos?

Bem,


O Pe. Rubén Tejedor Montón, formador do Seminário Menor e responsável pela pastoral vocacional da Diocese de Osma-Soria, na Espanha, denunciou a dupla moral dos parlamentares de esquerda -não só da Catalunha aonde se aprovou a proibição das touradas a partir do 2012- que enquanto advogam pela vida dos animais, aprovam a lei do aborto e condenam à morte a milhares de não nascidos.

“Sim. É patética a dupla moral dos políticos da esquerda que levam a bandeira da defesa da vida animal mas, ao mesmo tempo, ‘balançam o berço’ do negócio das clínicas abortistas”, expressou o sacerdote em um artigo difundido pela imprensa local.

O P. Montón recordou o debate de 28 de julho, quando o parlamento da Catalunha proibiu as touradas e criticou que os políticos da esquerda atuem com dupla moral.

Indicou que os mesmos que negam a humanidade do feto e que com seu voto permitem “que milhares de crianças sejam massacradas” no ventre materno, “advogam por privar o touro da dor na praça” mas não evitam o sofrimento dos não nascidos que são abortados.

“Estes que se gabam de defender a vida animal são os mesmos que fazem possível com seu dedo cúmplice que, ao pulsar o botão que deu luz verde à recente ‘Lei’ do aborto, milhares de crianças inocentes e indefesas não vejam jamais a beleza desta vida porque eles, brincando de ser deuses, o proibiram”, denunciou.

O sacerdote também criticou que se negue a ajuda às mães grávidas. Estes legisladores, advertiu, “fazem-se cúmplices do holocausto silencioso e massivo que está sendo perpetrado em nosso país graças aos seus dedos que -obscurecida sua consciência por uma cega e irracional ideologia- apertaram um dia o botão verde”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...