Receba as atualizações por e-mail

Cadastre seu e-mail:

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Alguns argumentos: Absurda decisão de legalizar o "assassinato legal" de milhões de inocentes, sob a justificativa de que estão "juridicamente mortos"

Argumentos absurdos:


“Aborto é crime contra a vida. Tutela-se a vida em potencial. No caso do anencéfalo, não existe vida possível. O feto anencéfalo é biologicamente vivo, por ser formado por células vivas, e juridicamente morto, não gozando de proteção estatal. [...] afirmou o relator da ação, ministro Marco Aurélio Mello.

Quando leio isto, logo me vêm à cabeça: "Então quer dizer, que se o Sr. Juiz declarar que estou juridicamente morto, embora biologicamente vivo, perderei a proteção estatal da qual até o mais ínfimo dos insetos, e o menor dos vegetais, goza? Sim, é isto mesmo. Buscando justificar sua atitude deplorável em defesa do "assassinato legal" que será perpetrado contra milhões de inocentes, considerados um "amontoado celular" e desapoiados da proteção que até o mais ínfimo inseto goza, o ministro Marco Aurélio afirma este absurdo, que faz vergonha à "justiça brasileira".

"A absurda decisão – repleta de argumentos que nos dão saudades do tempo em que a Justiça julgava com  leis e não com a ideologia"

"Um bebê anencéfalo é geralmente cego, surdo, inconsciente e incapaz de sentir dor." disse o ministro Luiz Fux.

Deve-se notar o "geralmente" grifado acima. 
Então, se geralmente ocorre que bebês anencéfalos nasçam cegos, surdos e inconscientes, legalizarei a matança de todos? 
Então se geralmente ocorre que crianças nasçam com má-formações (de qualquer tipo), deficiências, ou de progenitoras que não têm condição de cuidar, legalizarei o aborto em todos os casos, se a mãe desejar? 
É aí que querem chegar, e a decisão desta quinta (12/04) abriu as portas para isto.

Cumpre ressaltar: A criança anencefálica não nasce em situação de morte encefálica, como foi comprovado pelo governo dos EUA e pelo comitê de bioética da Itália recentemente.

Resultado final: "Supremo decide por 8 a 2 que aborto de feto sem cérebro não é crime"

Contra-Argumentação


"Ao feto, reduzido no fim das contas à condição de lixo ou de outra coisa imprestável e incômoda, não é dispensada de nenhum ângulo a menor consideração ética ou jurídica nem reconhecido grau algum da dignidade jurídica que lhe vem da incontestável ascendência e natureza humana. Essa forma de discriminação em nada difere, a meu ver, do racismo e do sexismo e do chamado especismo.
[...]
No caso de extermínio do anencéfalo encena-se a atuação avassaladora do ser poderoso superior que, detentor de toda força, infringe a pena de morte a um incapaz de prescendir à agressão e de esboçar-lhe qualquer defesa"
   Ministro Cezar Peluso 

"Uma decisão judicial isentando de sanção o aborto de fetos anencéfalos, ao arrepio da legislação existente, além de discutível do ponto de vista científico, abriria as portas para a interrupção de gestações de inúmeros embriões que sofrem ou viriam sofrer outras doenças genéticas ou adquiridas que de algum modo levariam ao encurtamento de sua vida intra ou extra-uterina." disse o ministro Ricardo Lewandowski

Mais uma gravíssima ofensa a Deus foi perpetrada no Brasil! Como se espantar se o castigo se fizer logo sentir?

Como se espantar se o castigo se fizer logo sentir?

Lembremos dos videntes e da mensagem da Santíssima Virgem em Fátima:

"Mas creia-me, Senhor Padre, Deus vai castigar o mundo, e vai castigá-lo de uma maneira tremenda. O castigo do Céu está iminente." 

Ir. Lúcia (Vidente de Fátima) em entrevista ao Pe. Fuentes

De hoje(12/04) até a próxima quinta (19/04) o blog ficará encimado pela imagem do luto pelos milhões que serão assassinados com aval estatal, por serem considerados "amontoados celulares".
Rezemos....

In Domina
Allysson Vidal Vasconcelos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...